A origem do “Ferragosto” na Itália

O Ferragosto é um dos feriados mais conhecidos e aguardados da Itália. Apesar de ser comemorado precisamente no dia 15, é nesta época que praticamente tudo e todos param para aproveitar as férias em pleno verão europeu.

A origem do feriado

O que poucos sabem é que este feriado é muito antigo – o termo Ferragosto deriva do termo em latim Feriae Augusti (descanso de Augusto), e foi uma festa instituída pelo Imperador Augusto no ano 18 a.C.. Ele foi “emendado” a outras comemorações que também caíam no meio do mês, como o Consualia, festa dedicada ao deus Conso (deus da terra e da fertilidade), e que celebrava o final dos árduos trabalhos de colheita e o início do período de descanso. 

A popularização e o fascismo

O mais intrigante nessa história é que este feriado se popularizou na época do fascismo na Itália.
No período do Ferragosto, entre 1931 e 1939, o regime fascista de Mussolini passou a organizar centenas de viagens populares favorecidas pelo estabelecimento dos “Trens Populares” a preços muito reduzidos, oferecendo assim a oportunidade inédita de viajar pela Itália às classes sociais menos favorecidas da população.
Descontos especiais ofertados nos dias 13, 14 e 15 de agosto fez com que grande parte das famílias italianas vissem o mar pela primeira vez por exemplo. E tem mais: como as viagens não incluíam refeições, nasceu assim também a tradição de se levar marmitas nesses passeios, coisa que os italianos fazem até hoje. 

O Ferragosto nos dias de hoje 

Muitas tradições centenárias ainda acontecem durante o Ferragosto. Um exemplo é a clássica corrida de cavalos em Siena, a Palio dell´Assunta, cuja origem se dá no ano de 1200.

Em Terracina, na região de Lazio, no dia 14 de agosto, milhares de pessoas participam do tradicional “mergulho da meia-noite”, que acontece em meio a uma queima de fogos que ilumina todo o litoral de Circeo a Sperlonga. As celebrações continuam durante o dia 15 com festas na praia e danças em grupo.

Em Sarteano, na Toscana, no dia 15 de agosto, pouco antes do pôr do sol, acontece a Giostra del Saracino, uma competição de habilidade entre cavaleiros pertencentes aos cinco distritos do município, que remonta ao século XVI e é precedida por uma procissão histórica com todos vestidos a caráter. 

E em cada canto da Itália é possível encontrar alguma festividade relacionada ao feriado.

Além das comemorações tradicionais, hoje em dia o Ferragosto é sinônimo principalmente de férias, passeios e viagens em família ou com os amigos.
O clima de verão favorece os encontros e ninguém perde a oportunidade de descansar e curtir uma praia. 

Dá para entender por que o Ferragosto é tão popular na Itália, não é mesmo?

Assine a nossa newsletter e compartilhe com os amigos! Boas férias!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Deixe o seu comentário