As tradições do Natal na Itália

Se você gosta de Natal, a Itália é uma “prato cheio para você”. Literalmente. 

O Natal é uma das datas mais aguardadas e celebradas no país – mercadinhos típicos, muita fartura na mesa, presépios, corais, e lindas árvores de Natal são marcas registradas das tradições natalícias na “Bota”.

As ruas decoradas

Durante este período as ruas e praças das cidades ficam lindamente decoradas e iluminadas. A atmosfera de Natal está por todos os cantos. Não é difícil se deparar a qualquer momento com um lindo coral cantando músicas natalinas em praças ou nas igrejas. 

 

As feirinhas de Natal

As feiras de Natal têm origem nórdica mas se espalharam completamento por todo o país.  De norte a sul são realizados os super tradicionais “mercatini di Natale”, que são feirinhas típicas onde você encontra presentes, objetos de decoração, produtos para a casa, roupas e acessórios, comidas típicas e muito mais.
Algumas feiras são realmente muito grandes e famosas, cada qual com seu estilo próprio, atraindo milhares de turistas e se tornando um passeio obrigatório para a família.
Nós fizemos um post sobre os mercados de Natal na Itália e você pode ler clicando aqui.

A Árvore de Natal

Tradicionalmente a Árvore de Natal é montada no dia 08 de dezembro, (Dia da Imaculada Conceição), e desmontada dia 06 de janeiro, (Dia da Epifania do Senhor). A árvore foi aderida pela população italiana, mas mais tradicional que ela são os presépios. 

Os Presépios

A origem da palavra presépio vem do latim “praesepe”, que significa “estábulo”. O primeiro presépio do mundo foi feito por São Francisco de Assis em 1223, quando o santo colocou uma representação do Menino Jesus numa gruta próximo ao convento onde morava, juntamente com um boi e um burro. O intuito era que as pessoas entendessem as condições nas quais Cristo nasceu.

Como dissemos anteriormente, na Itália, o presépio é ainda mais representativo que a árvore de Natal. Muitas pessoas fazem o seu presépio, sendo uma arte passada de geração para geração.
Em Nápoles por exemplo, na Via San Gregorio Armeno, uma rua inteira é dedicada a este símbolo natalino. 

Natal em Família

Normalmente as famílias se reúnem para a ceia na véspera de Natal e aguardam a meia-noite para distribuir os presentes. No dia 25 tem o tradicional almoço de Natal, e durante a tarde é costume jogar jogos tradicionais dessa época do ano, como o tômbola, enquanto se aprecia um delicioso panettone, pandoro e outros doces natalinos. 

O Papai-Noel italiano 

Na Itália, dependendo da região, o Papai-Noel pode ser, na verdade, uma mulher! Isso porque Santa Luzia e a Bruxa Befana são as principais figuras que trazem os presentes. A primeira foi uma santa cristã que perdeu a visão e que “presenteia” as crianças na madrugada do dia 12 de dezembro.
Mais conhecida ainda por todo o país é a Bruxa Befana, uma personagem muito querida, nariguda, que viaja com sua vassoura deixando balas e doces para as crianças que se comportaram bem durante o ano. 

Essa é a atmosfera natalina na Itália. Que tal passar o Natal nesse clima mágico?

Compartilhe! : )

Deixe o seu comentário