Carnaval italiano x Carnaval brasileiro

No Brasil, a gente vive escutando que o ano só começa pra valer depois do carnaval. Como boa brasileira, eu até pensei em esticar a minha pausa de fim de ano, mas… olha eu aqui, contaminada pela correria deste país!
No final do ano, os italianos não param: o Natal cai bem no meio do ano escolar e quem trabalha sai de casa no escuro e encara o maior frio!

Mesmo com tanta diferença de temperatura e, por consequência, com mais ou menos roupas, brasileiros e italianos possuem uma paixão em comum: o Carnaval!

De fato, Brasil e Itália são famosos em todo o mundo por suas festas.

Atenção: Como no Brasil, por aqui, há quem ame a festa e cai na folia; há quem ame o feriado e cai no sofá. (Olha que mundo pequeno!)

Quer saber uma outra grande ironia? Enquanto os brasileiros só lembram de Veneza quando pensam no carnaval italiano, os italianos só conhecem um carnaval brasileiro: aquele do Rio de Janeiro. No Brasil e na Itália, muita gente ignora que existe muito mais além do cartão postal.

Mas as semelhanças quase que terminam por aqui. É possível até afirmar que o espírito carnavalesco e brincalhão é o mesmo nos dois países, mas é o modo de extravasá-lo que torna as duas festas bem diferentes. Então, se este ano você pretende passar o carnaval na Itália, é melhor saber o que esperar:

O CARNAVAL ITALIANO EM QUATRO PALAVAS

carnevale venezia chiacchiere di carnevale carnevale

  1. Máscaras
  2. Confetes
  3. Carros alegóricos
  4. Comidas típicas

CARNAVAL COM CLASSE…

Na Itália, o carnaval parece ter saído de um filme antigo: é sofisticado e organizado com preciosismo, mas vivido com muita simplicidade. Em geral, permaneceu uma festa comunitária que envolve toda a cidade. Nos grandes e pequenos centros italianos a festa invade as praças principais, teatros, associações, escolas… e agita toda a família.

Os italianos estão sempre economizando e não gastam tanto durante o Carnaval: fantasias e confetes (sim, confetes!) são as suas maiores despesas. (Italiano que se preza a-d-o-r-a se fantasiar e joga t-o-n-e-l-a-d-a-s de confetes nas ruas!)

…E TRADICIONAL

A Itália desconhece a invenção do “paredão de som” (amém!) e ninguém fica a mercê do gosto musical do vizinho de casa ou, pior, da competição entre vizinhos. Para ouvir música (em geral, boa e tradicional) é necessário sair de casa e ir pra praça!

Um fato curioso é que, em muitas cidades italianas, a festa dura muito mais de cinco dias: o Carnaval de Veneza, por exemplo, dura mais de duas semanas.

Entre as atrações do carnaval italiano é previsto também o desfile de carros alegóricos que, ás vezes, distribuem bombons (sim!) para a alegria dos grandes e dos pequenos.

E já que estamos falando de guloseimas…
A Itália, que é conhecida no mundo todo pela sua culinária, não deixa passar nenhuma festa em branco. Não só cada região tem o seu prato típico, mas cada festa exige uma receita especial! Durante o carnaval, as prateleiras se enchem de cada coisa gorda e gostosa: “Le chiacchiere di carnevale”, por exemplo, geram dependência!

É um fato: se você chegar de férias por aqui, vai ganhar uns quilinhos! Afinal, na Itália tem sempre um bom motivo pra comer bem (e muito)!

 

Buon Carnevale a tutti!
L’Italia è sempre una buona idea!

Deixe o seu comentário