Que tal economizar na viagem dividindo o carro com outras pessoas na Itália?

Quantas vezes você já dividiu o carro e rachou a gasolina com um amigo?
Já pensou poder fazer isso também na Itália e economizar na viagem?

Essa é a iniciativa do BlaBlaCar, a plataforma web que já possui mais de 35 milhões de usuários em toda a Europa.
Tanto sucesso é fácil de ser explicado: o serviço propõe aos seus usuários o compartilhamento de veículos privados, colocando em contato motorista e passageiro.

Locação segura na Itália para processo de reconhecimento da cidadania italiana.

Como funciona?

Cada usuário possui um perfil público, onde as avaliações fornecidas por outros usuários podem ser visualizadas.

Entre os elementos avaliados pelos usuários estão: o estilo de dirigir e a animação da conversa (blá, bla-blá ou bla-bla-blá). Assim, é possível consultar o perfil de quem está oferecendo ou recebendo a carona e escolher com quem dividir a viagem.

O aplicativo também disponibiliza os detalhes da viagem como custo, horários de partida e de chegada, itinerários, tipo de carro e número de lugares à disposição.

O pagamento é atualmente realizado através paypal.

A minha experiência…

Eu e o Ale usamos este aplicativo há mais de dois anos e já oferecemos e recebemos muitas passagens.
Fazemos o trajeto Perugia-Milão (quase 500 quilômetros) com uma certa frequência, por exemplo, e sempre que tem um espaço no carro, disponibilizamos a carona.
Enquanto o custo total da nossa viagem (incluindo pedágio) sai por volta de 60 euros, o valor da passagem sugerido pelo aplicativo para o mesmo trajeto é de 26 euros por passageiro.
Por outro lado, vale lembrar que viajar de trem na Itália pode sair muito mais caro.

O serviço é uma alternativa econômica e ecosustentável para quem quer girar pela Itália, além de ser uma boa oportunidade para conhecer novas pessoas.
Para fazer parte da comunidade basta baixar o aplicativo e completar o cadastro. (Quem sabe eu te dou uma carona!)

Por Karyne Uchoa

L’Italia è sempre una buona idea!

Deixe o seu comentário