50 curiosidades sobre a Itália

Bem-vindos à Itália! Um país que encanta e inspira há séculos. Situada no coração do Mediterrâneo, esta terra abençoada combina uma herança histórica incomparável com uma modernidade vibrante e uma beleza natural de tirar o fôlego, onde em cada esquina é possível encontrar vestígios de um passado grandioso.

E é claro que um país tão antigo e cheio de particularidades é um caldeirão cultural repleto de história e curiosidades. Vem com a gente descobrir algumas delas!

  1. A Itália é o maior produtor de vinho do mundo com uma produção anual de 49,8 milhões de hectolitros.
    A história da produção vinícola no país tem mais de 4.000 anos e é também uma das mais diversas de todo o planeta. Atualmente, todas as 20 regiões da Itália produzem vinho, sendo as mais conhecidas a Toscana, o Vêneto, a Puglia e o Piemonte.

    Fonte de vinho 24h em Abruzzo.
  2.  Em 2008, devido a um erro técnico na Sagra da Uva di Marino, saiu vinho das torneiras das casas da cidade – na época, começaram a dizer que era um milagre. Mas esse “milagre” existe realmente em uma fonte de vinho tinto na Itália que funciona 24 horas por dia no Caminho de São Tomé, em Abruzzo. E todos podem beber dela!

 

3. A Itália é responsável por apresentar o sorvete ao mundo! Segundo consta, as primeiras aparições do doce apareceram na Sicília durante a dominação árabe, onde a neve do Etna era misturada com suco de frutas e adoçada com cana-de-açúcar,  o sherbet. No entanto, o sorvete que conhecemos hoje foi inventado em 1565 em Florença, nas cortes dos Médici.

Protestantes contra o Mc Donald’s em Roma.

4. Quando o primeiro McDonald ‘s foi fundado em Roma em 1986, alguns protestantes distribuíram espaguete de graça na frente da lanchonete para lembrar a população sobre a “herança culinária” do país. Mesmo com a relutância inicial, a gigante do fast food prosperou na Itália, que hoje conta com mais de 1500 pontos de venda por todo o país.

 

5. Os italianos são os criadores de alguns dos queijos mais famosos e amados do mundo,  como o parmesão, o gorgonzola, a muçarela, o provolone e a ricota.

6. Ninguém sabe exatamente quando a pizza foi inventada, mas foi em Nápoles, que ela foi popularizada. Inclusive a pizzaria mais antiga do mundo fica lá, a Antica Pizzeria Port’Alba, que funciona desde 1738.

7. Em 1889 o pizzaiolo Raffaele Esposito foi chamado pela Rainha Margherita di Savoia para que preparasse três pizzas para ela, uma delas era de queijo, tomate e manjericão. A Rainha amou a combinação, e a pizza foi batizada de “Margherita”, e é até hoje a pizza mais popular de todos. As cores dos ingredientes representavam a nova bandeira tricolor do país, com o branco da muçarela, o vermelho do tomate e o verde do manjericão.

8. A Itália foi o primeiro país da Europa a usar o garfo por causa do macarrão, enquanto no resto da Europa as pessoas usavam as mãos para comer até ao século XVII-XVIII. Graças a Caterina de Medici, usar o garfo para comer a pasta quente e escorregadia passou da Itália renascentista para o Reino da França, e depois desembarcou no resto da Europa e no mundo.

O indicador de Galileu no Museu Galileu em Firenze.

9. Em um museu de Florença, você pode ver dois dedos e um dente de Galileu Galilei. O físico, matemático, astrônomo e filósofo italiano viveu entre 1564 e 1642 e se formou na Universidade de Pisa. Suas partes, que ficaram perdidas por 100 anos, foram compradas por acaso por um colecionador de arte em 2010 e levados à sua cidade natal, Florença, onde ficam expostos no Museu Galileu.

10. Acredita-se que Poveglia, uma ilha em Veneza, seja tão assustadoramente assombrada que ela não é aberta à visitação. Apesar de ser lindo, o lugar já foi palco de disputas entre venezianos e genoveses, serviu como centro de quarentena, cemitério e crematório na época da peste negra  e hospedou pessoas com doenças infecciosas. A sua última serventia foi um hospital para idosos que fechou suas portas em 1968. Há boatos de que realizavam experimentos com doentes mentais na ilha, inclusive lobotomia, e existem várias histórias de antigos pacientes atormentados por fantasmas.

11. Rossi, Russo e Ferrari são os sobrenomes mais populares da Itália. Consequentemente, o sobrenome italiano mais difundido no Brasil é Rossi, seguido de Ferrari, depois Mello e Russo.

12. A universidade mais antiga da Itália é a Universidade de Bolonha, fundada em 1088, é também considerada a mais antiga do mundo. Atualmente, ela tem cinco campi e é formada por 11 escolas, 31 departamentos, 12 centros de pesquisa e treinamento, 98 bibliotecas e 96.984 estudantes. Além disso, a Universidade oferece 260 cursos diferentes.

Lucrezia Cornaro Piscopia

13. A Universidade de Roma, conhecida como “La Sapienza”, é a maior da Europa, com 115.000 estudantes, e também uma das mais antigas e bem conceituadas do mundo, fundada em 1303.

14. A italiana Elena Lucrezia Corner Piscopia foi a primeira mulher do mundo a receber um diploma acadêmico e também a primeira a se tornar doutora com um PhD, em Pádua, em 1678.

15. Entre 1861 e 1985, mais de 26 milhões de pessoas deixaram a Itália à procura de uma vida melhor. Só o Brasil, entre os anos 1880 e 1930, recebeu um fluxo gigantesco de italianos que, principalmente, substituíram a mão-de-obra escrava após a abolição nas lavouras, se alocando principalmente na região sul e sudeste do país. Atualmente, estima-se que existam 35 milhões de descendentes de italianos no Brasil, segundo o site da Embaixada da Itália. Inclusive, no dia 21 de fevereiro, comemora-se o Dia Nacional do Imigrante Italiano

16. O termômetro foi inventado na Itália em 1607 por Galileu Galilei.

17. Em Milão, existe até hoje uma lei do período austro-húngaro que exige que as pessoas sorriam o tempo todo, exceto em funerais e visitas a hospitais.

18. A Itália tem mais obras de arte por quilômetro quadrado do que qualquer outro país do mundo.

19. Os homens podem ser presos se usarem saia em público.

Livro antigo do Pinóquio.

20. O autor de Pinóquio, Carlo Collodi, era italiano e viveu de 1826 a 1890.

21. A primeira ópera do mundo foi composta na Itália no final do século 16.

22. 8 a 12% dos italianos nunca usou a internet.

23. A Itália possui 58,99 milhões de habitantes, e nos últimos 8 anos a população caiu 1,8 milhões de pessoas.

24. A população da Itália é a segunda mais velha do mundo, atrás apenas do Japão. 24% da população tem mais de 65 anos.

25. Mais de um terço da população masculina entre 30 e 35 anos mora com os pais.

26. A população da Itália quase duplicou no século 20.

27. Em Falciano Del Massico, uma cidade na Itália é proibido morrer devido devido à superlotação do cemitério local.

28. Existe um restaurante construído em uma gruta em Polignano a Mare, chamado Grotta Palazzese.

29. O Vaticano é a única cidade-estado do mundo que pode fechar seus portões à noite. Literalmente. Ele é o menor país do mundo – oficialmente Estado da Cidade do Vaticano – e sede da Igreja Católica, localizado dentro da cidade de Roma, cercado por muros, em um território de menos de um quilômetro quadrado e população de aproximadamente mil habitantes.

Espelhos em Viganella.

30. A cidade de Viganella, na Itália, é cercada por grandes montanhas que tapam os raios do sol por três meses todos os anos. A solução foi instalar espelhos gigantes para refletir a luz do sol na cidade. A mesma coisa foi feita em Rjukan, na Noruega.

 

31. Há 436 pontes em Veneza – a mais alta é Ponte Rialto com 7,32 m, construída entre 1588 e 1591.

32. A Itália é o país com maior número de vulcões da Europa. São três ativos: o Stramboli, o Etna e o Vesúvio. O maior deles é o Etna, localizado na Sicília, e é o segundo mais ativo do mundo, atrás apenas do Mauna Loa, no Havaí, Estados Unidos.

33. A Itália possui 7000 praias: são mais de 7.400 quilômetros de costa litorânea, além de 29 parques marinhos.

34. O maior e mais profundo túnel ferroviário do mundo tem 57 quilômetros e 2500 metros de profundidade e liga a Itália à Suíça por baixo dos Alpes. Ele levou 20 anos para ser construído e foi inaugurado apenas em 2016.

35. San Marino, um país dentro da Itália, é a república mais antiga do mundo, fundada em 301 d.C.

Gôndolas pretas em Veneza.

36. As gôndolas de Veneza devem ser pintadas de preto de acordo com uma lei para padronizar o meio de transporte, acabando com anos de ostentação por meio de todo tipo de decoração e ornamentos que costumavam ter. Hoje em dia, estima-se que mais de 400 gôndolas naveguem pela cidade apenas para o uso turístico.

37. Mais de 130 milhões de turistas visitam a Itália todos os anos. De fato, o turismo representa 12% do PIB nacional. As cidades mais visitadas são Roma, Veneza, Milão e Florença.

Lamborghini da polícia italiana.

38. A Itália tem 55 Patrimônios Mundiais da UNESCO, o maior número entre todos os países. Entre eles estão a cidade de Verona, Assis e a Basílica de São Francisco, os Cinque Terra, a Costa Amalfitana, o Etna, o Jardim Botânico de Pádua, e os Trulli de Alberobello, além do centro histórico de várias cidades como Roma, Florença e Nápoles.

39. Famosas marcas são italianas, como Armani, Versace, Gucci, Prada, Moschino, Dolce & Gabbana e Valentino. Milão é considerada uma das quatro capitais mundiais da moda, juntamente de Paris, Nova York e Londres. De fato, uma das Fashion Weeks mais famosas do mundo acontece na cidade italiana duas vezes por ano desde 1958 e dita tendências das próximas estações.

40. Aproximadamente 3.000 euros em moedas são jogados mensalmente na Fontana di Trevi, em Roma, para fazer pedidos. Esse dinheiro é revertido para a Caritas.

41. A polícia de trânsito italiana tem cinco Lamborghinis no modelo Gallardo à disposição.

42. Na Itália, há uma estátua de bronze de Jesus Cristo submersa, de 2,5 metros.

43. Em 1968, um italianochamado Thomas More construiu uma plataforma na costa do país e se autonomeou presidente da sua micronação, a Isola delle Rose. Dois meses depois da sua inauguração, o governo conseguiu o controle da plataforma e a explodiu.

Restaurante Solo per Due.

44. Existe um coelhinho de pelúcia de 72 metros de comprimento no topo de uma montanha no Piemonte, que pode ser visto pelo Google Street View.

45. Na Itália, ao invés do 13, o 17 é o número de azar.

46. O lobo é o animal nacional da Itália e tem um papel importante na lenda sobre a fundação de Roma.

47. A Itália é o segundo maior vencedor da Copa do Mundo de Futebol, conquistando quatro títulos em 1934, 1938, 1982 e 2006.

48. O menor rio do mundo fica na Itália, em Melcesine na Província de Verona. Ele se chama “Ri” e possui somente 175 metros, desembocando no Lago di Garda.

49. O menor restaurante do mundo fica na Itália, em Vacone, e se chama “Solo per due”. E como o próprio nome já diz, ele serve apenas duas pessoas por vez e conta com uma mesa.

50. Em 1948, Roy Jacuzzi inventou a banheira de hidromassagem usando bombas de água especializadas para ajudar seu filho que sofria de artrite reumatóide.

Vocês já conheciam todas estas curiosidades? Algumas são bem inusitadas né?

E se você quer reconhecer a sua cidadania italiana judicialmente ou diretamente na Itália, fale conosco.
Vamos te guiar nessa jornada do início aos fim. Nossos canais de contato são:

Email: contato@italialegal.com.br;
Intagram: @italialegal;
Facebook: A Itália é logo ali;
Whatsapps: +39 3665425520 ou +39 3921438751.

Nos siga nas redes sociais para ficar por dentro do universo da cidadania italiana e da Itália!

Deixe o seu comentário

× Entre em contato conosco!